Agitos Mutum - Bebês morrem dentro da barriga das mães em Sorriso; caso está investigado

SORRISO / Bebês morrem dentro da barriga das mães em Sorriso; caso está investigado


A gestação, muitas vezes, não ocorre como o previsto e o bebê morre ainda dentro do útero. Em Sorriso, foram registrados quatro casos desse tipo no Hospital Regional (HRS).

Os quatro bebês, segundo a diretoria, são de pacientes de Sorriso, e não morreram na unidade médica. 

As quatro mortes intrauterinas são definidas como a morte do feto que ocorre antes da completa expulsão a partir de 22 semanas completas de gestação.

Conforme a unidade médica, no caso de duas gestantes houve prematuridade extrema enquanto que nas outras duas houve gestação a termo. “Mas todas deram entrada já com feto morto, intrauterino”, disse uma fonte do PS, que preferiu não se identificar.

As datas dos óbitos registradas neste mês ainda não foram informadas.


Suposta negligência


Uma adolescente, de 16 anos, que estava gestante de 36 semanas de um menino, disse, em entrevista a uma emissora de TV da cidade, que foi vítima de suposta negligência médica. Quando somado o caso dela, o número de natimortos sobe para cinco em Sorriso.

Ela informou que no último fim de semana foi para uma clínica fazer ultrassonografia, onde o médico disse que ela já poderia ir ao Hospital Regional porque o bebê estava pronto para nascer.

Ela contou que foi para casa e começou a sentir contrações no sábado. Posteriormente, a jovem disse que foi à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde o médico emitiu encaminhamento para que ela fosse ao HRS, pois já estaria com dilatação suficiente.

No hospital, a moça relatou que o médico de plantão a informou que ela poderia ir para casa porque a criança ainda não nasceria. Segundo ela, foi receitado buscopan para ser tomado a cada 6 horas para alívio de dor.

Já na segunda-feira desta semana, a adolescente foi ao Ambulatório Multiprofissional de Especialidades (AME), onde médico não ouviu o batimento do bebê e encaminhou ao hospital regional, onde foi constatada a morte do feto. A jovem disse que procurou advogado para processar o hospital.

Procurado, o Hospital informou que nos casos de natimortos (termo atribuído ao feto quando morre dentro do útero materno ou durante o trabalho de parto) registrados neste mês, nenhuma das pacientes foi atendida previamente na unidade médica.

A Secretaria de Saúde do município abriu uma investigação para apurar o que vem acontecendo.

Confira a nota divulgada pela Secretaria:

É com muito respeito que a Secretaria de Municipal de Saúde e Saneamento vem através desta nota declarar seus sentimentos as mães e familiares enlutados.
Informamos que os inquéritos sobre os fatos acontecidos no Hospital Regional de Sorriso serão feita pela esfera estadual e estaremos junto com a equipe e direção da instituição acompanhando os casos.
Ficamos profundamente entristecidos com estes fatos tão pesarosos. E nos colocamos a disposição dos familiares para prestar qualquer apoio que se fizer necessário neste momento tão delicado.
Com pesar, Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento. 

Data: 15/03/2017 / Fonte: Diário Norte
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Agitos Mutum

Notícias Relacionadas!!!!


.

Agitos Mutum - www.agitosmutum.com.br

Telefones (65) 996 968 266

Email: redacao@agitosmutum.com.br
leandrocampos@agitosmutum.com.br

© Agitos Mutum - Todos os direitos reservados