Agitos Mutum - Informando Nova Mutum e Regi�o

AGRONEGÓCIOS

Delação da JBS faz dólar "estourar" e comercialização de soja e milho avança em Mato Grosso

Mato Grosso comercializou até maio 60,54% da safra 2016/2017 de milho e 78,16% do volume colhido em soja. Somente o cereal, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), registrou na variação mensal um incremento de 13,8 pontos percentuais. A "explosão" nas vendas é creditada ao "estouro" no dólar provocado pela delação feita no mês passado pelo presidente da JBS, Joesley Batista, além dos leilões de operações do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), Prêmio para o Escoamento (PEP) e de Contrato de Opção.
 
O dólar em maio começou cotado em R$ 3,15 e no dia 17, data em que o dono da JBS, Joesley Batista, apresentou gravações entre ele e o presidente Michel Temer, a moeda norte-americana fechou em R$ 3,38. De lá para cá a moeda manteve-se entre R$ 3,23 e R$ 3,33.
 
Conforme levantamento do Imea, a comercialização da soja avanço de 69% em março para 78,16% em maio das 31,2 milhões de toneladas colhidas nesta safra 2016/2017. Já o milho de 46,69% para 60,54% das 28,09 milhões de toneladas.
 
O superintendente do Imea, Daniel Latorraca, comenta que maio foi um mês diferente dos primeiros quatro meses de 2017. Ele comenta que no caso da soja, mesmo que em ritmo lento, as vendas ocorriam praticamente para que os produtores pudessem pagar dívidas.
 
“Em maio tivemos circunstâncias relevantes. A primeira foi o dólar que ajudou. A outra, em relação ao próprio milho, foram os leilões de contrato de opção”, diz Latorraca. Conforme o superintendente do Imea, “a delação do dono da JBS fez com que estoura-se o dólar e isso ajudou ambas as culturas, em especial o milho que estava com preço completamente depreciado, avaliado entre R$ 12 e R$ 13, chegando a R$ 11 em algumas praças”.
 
Céu aberto
 
Apesar do avanço nas vendas da soja, Mato Grosso ainda terá problemas de milho a céu aberto nesta safra 2016/2017. O Estado possui capacidade para armazenar 33 milhões de toneladas de grãos, praticamente metade das 60 milhões de toneladas estimadas entre as duas culturas para este ciclo.
 
“Nos próximos 30 dias teremos uma pressão muito grande de colheita do milho. Pontualmente em algumas regiões deveremos ter milho a céu aberto em julho e em agosto já estabiliza”, comenta o superintendente do Imea.

 

CIDADES

Mulher mata cachorro de estimação da vizinha a facadas em Várzea Grande

Uma mulher foi detida na tarde deste sábado (24) após matar a cachorra de sua vizinha a facadas. O caso aconteceu no bairro São Simão, em Várzea Grande, por volta das 13h.

De acordo com informações do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM), a mulher é moradora do bairro e foi detida em sua própria casa.

Ela pode responder pelo crime de maus tratos a animais, artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, que tem como pena de três meses a um ano de detenção e multa. Se ocorre a morte do animal, como neste caso, a pena pode aumentar de um sexto a um terço. 

 

 


GERAL

Lei sancionada pelo governo reconhece o estilingue como prática esportiva em MT

Uma lei sancionada pelo governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), reconhece a prática esportiva e de lazer do estilingue e suas variações no estado. A proposição é do deputado Meraldo Sá (PSD) e foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no dia 19 de junho. A lei, porém, proíbe o uso de madeira protegida ou retirada da mata para a fabricação do objeto esportivo.

A lei determina também que o estilingue não seja usado em atividades nocivas à flora e fauna, como destruição de frutos e maus-tratos aos animais silvestre e domésticos.

Além disso, a lei também repudia o uso do objeto em atividades que prejudiquem o ser humano.

Conforme a lei, os participantes das atividades descritas devem se inscrever em uma associação, liga, federação, confederação ou entidade e portem carteira de associado para portar o estilingue.

 

Na justificativa do projeto, o parlamentar afirma que a sanção da lei “significa dar garantias aos praticantes do esporte de não transgressão às leis e também evitar que as pessoas estranhas pratiquem o esporte e utilizem para agressão”.

 

GERAL

Nova Mutum: Mulher cai de bicicleta e é socorrida pelo Corpo de Bombeiros

GERAL

Câmara aprova fim de multa a quem não portar CNH e licenciamento

GERAL

34º Concentração do Apostolado da Oração movimenta a Paróquia de Nova Mutum

ÚLTIMAS COBERTURAS

INAUG. AKMOS

INAUG. AKMOS

FABIO RABIN

FABIO RABIN

INAUG.VILMA CONFEITARIA

INAUG.VILMA CONFEITARIA

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.




POLÍCIA

Homem paga 2000 mil para pistoleiro matar a ex companheira no município de Nova Olímpia

Arnaldo Vieira, de 42 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (23) suspeito de ter encomendado a morte de uma mulher que mantinha um relacionamento no município de Nova Olímpia.

Segundo os investigadores da Policia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e  constantemente ameaçava a ex. Como a mulher se negava a voltar, ele contratou um pistoleiro para mata-la.

Ainda de acordo com a polícia o suspeito estava no município de Nova Mutum, a menos de um mês, e através de um mandado de prisão, a PJC conseguiu localiza-lo.

Arnaldo estava prestando serviço a uma empresa da cidade como mecânico elétrico.

O mecânico teria pago cerca de R$ 2.000 reais pela morte da mulher com quem manteve o relacionamento,  mas a polícia conseguiu detê-lo antes do crime. 

GERAL

Corpo de Bombeiros notifica empresas por problemas com alvará em Nova Mutum

CIDADES

Universitária de Cáceres é eleita Miss Mato Grosso 2017

GERAL

Arraiá Arrasta o Pé Balança a Saia acontece neste sábado em Nova Mutum

GERAL

Secretaria anuncia ampliação do público alvo de vacinação contra HPV em Nova Mutum





.

Agitos Mutum - www.agitosmutum.com.br

Telefones (65) 996 968 266

Email: redacao@agitosmutum.com.br
leandrocampos@agitosmutum.com.br

© Agitos Mutum - Todos os direitos reservados